Siga-me

segunda-feira, 26 de setembro de 2016

Soberania de Deus: Prova inequivoca de seu Amor

Em uma realidade cristã de discursos tão heréticos em nosso tempo, é dificil crer nessa realidade: A Soberania de Deus parte de seu Amor. Deus é Amor e só um Amor Soberano seria capaz do que foi feito na Cruz. Soberania é Autoridade Suprema, é domínio total e absoluto! Domínio vem do latim Dhominus que significa dono, proprietário e usado na Roma Antiga como Senhor e Mestre. Nosso Deus é um Deus que controla, sustenta e reina sobre todas as coisas. Antes mesmo de o universo ser criado, Deus já nos conhecia.
Essa realidade revela o amor de Deus a nós, pois não temos a condição ou habilidade de nos voltar a Deus por nosso próprio esforço ou por nossa própria vontade, se estamos com Deus é porque Ele assim o quis, sua Misericórdia e compaixão nos permitiu. Isso é bem claro na Palavra de Deus que diz: "Não fostes vós que me escolhestes; ao contrário, Eu vos escolhi a vós e vos designei para irdes e dardes fruto, e fruto que permaneça. Sendo assim, seja o que for que pedirdes ao Pai em meu Nome, Ele o concederá a vós. " (João 15:16) Por isso não existe essa história de "Eu aceitei Jesus", Jesus que nos aceitou, Jesus que os incorporou em seu corpo que é a igreja. Deus nos elegeu e fez uma aliança conosco, embora a aliança seja biltateral, a eleição é unilateral. Ou seja: Embora tenhamos a liberdade de fazer a aliança com Deus, ele antes disso já nos escolheu de forma que seu poder e amor são irresistíveis. Amamos a Deus como resposta de seu amor por nós. Não há em nós mérito, não em nós virtude, não há em nós obras que justifique que Deus nos ame, que Deus nos escolhe, que nos salve da morte do pecado. Apenas sua Graça, sua Misericórdia! 
Em Efesios 1:4, Paulo vai dizer: "Como também nos elegeu nEle antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis diante dele em amor; "  Deus nos elegeu antes da criação. Nos escolheu não por que somos santos, mas para sermos santos. O amor de Deus por nós é tamanho, que nos constrange. Deus não se surpreende, é onisciente. De Deus não se esconde, Ele é onipresente. Deus tudo pode. Ele é onipotente!


Charles Spurgeon vai dizer: "O patrão diz: "Eu não tenho o direito de fazer o que eu quero com o que é meu?" É a mesma maneira como o Deus do céu e da terra faz esta pergunta para você hoje: "Não tenho o direito de fazer o que quero com o que é meu?" Não há nenhum atributo de Deus, que seja mais confortável para os seus filhos que a doutrina da Soberania Divina. Sob as circunstâncias mais adversas, em meio aos problemas mais graves, eles acreditam que a soberania ordenou as suas aflições, que a soberania que governa o tudo irá preservá-los.  Não há nada que os filhos de Deus devam afirmar com mais afinco do que o domínio de seu Senhor sobre toda a criação, o reino de Deus sobre todas as obras de Suas mãos. O trono de Deus e Seu direito de sentar-se naquele trono. Porém, não há doutrina mais odiada pelos homens do mundo, como a grande doutrina da Soberania do infinito Yahweh"

Não há nada mais gratificante ao servo do que saber que seu Senhor está no controle e tem majestade infinita sobre tudo e todos. Com todo o poder que tem, Deus escolheu nos amar. Sua soberania é prova inequívoca se Seu Amor por nós! Louvado seja Deus!

Lucas Batista Pinheiro


_______________________

PARTICIPE DO CAFEZINHO MISSIONÁRIO!

DATA: 7 DE MARÇO (TERÇA-FEIRA)
HORÁRIO: 20hs

LOCAL: IGREJA PRESBITERIANA DO GUARÁ
(Guará I QE 6 Condomínio da Qe 12, Área Especial I - Guará (Ao lado do Hospital Regional do Guará)


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem em destaque

Estabelecendo a cultura cristã

Estabelecendo a  Cultura Cristã Existe uma passagem na Bíblia que gosto muito de ler, de refletir e de orar: “E não vos conformei...